Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 14 de março de 2012

Gwai [Fantasma]

Hang Jak por Ronan D'arte



Hang Jak [casa assombrada] vem do Yu lan ji Chinês – Festival dos Fantasmas Famintos. No 15º dia da Sétima lua, no calendário chinês, acredita-se que as portas do inferno se abrem e os fantasmas das almas indesejáveis vaguem pela terra.
Os fiéis protegem-se deixando oferendas de comida e Dinheiro do Inferno nas portas para apaziguar os fantasmas, para mantê-los fora e não causarem problemas. Mas há alguns espíritos, os mais temidos pelos chineses, que não se vendem por nada. O PRETA, o fantasma de um homem morto que vaga dos vivos, ou o Wu Chun Gwai, que coleta as almas dos  homens amaldiçoados e os arrasta até o Ti Yu [Inferno Chinês].

sábado, 3 de março de 2012

Nomen est omen




O nome é um vaticínio, um presságio, um destino.

Não duas vezes a mesma coisa, pois não vacilo, não temo.

Sou experiente com as palavras e conheço  bem meu coração.

Como, bebo... se erro é de boa fé <se faço isso novamente é a necessidade que impera>.

Se eu elogio, foi por medo.

Se eu  fico sorrindo bastante é que fiquei admirado.

Quando me iro e sem escrúpulos digo:

-  não me toques! Não posso te negar que é minha melhor pirraça.

Porém, quando me entrego e numa verdade crua me calo, por toda minha alma digo-te que a magoa tornou-se naquele momento o meu maior patrimônio.

Com o coração inconstante e sorriso imutável e sabendo que este texto sou eu

 (...)

Eu dentre muitos: um sou Ronan D’arte